Jaraguá é a primeira cidade a implantar a Google para Educação na rede municipal

Por: Eduardo Klemtz Foto: DIVULGAÇÃO
Compartilhe
A Secretaria de Educação de Jaraguá do Sul teve aprovado nesta semana, na Câmara de Vereadores, o Projeto de Lei nº 282/2018, que autoriza a abertura de crédito adicional suplementar para a secretaria no valor de R$ 3,4 milhões. O valor servirá para a implantação do Programa Google para Educação (Google for Education) nas escolas municipais. De acordo com informações passadas pela Google para a Secretaria de Educação, Jaraguá do Sul será a primeira cidade do Brasil a implantar o programa na rede municipal de educação e servirá de piloto para outras prefeituras interessadas. Os softwares da Google para Educação são disponibilizados gratuitamente para a rede pública. O que precisa ser comprado são os equipamentos que servem para acessar esses softwares. Serão adquiridos no ano que vem 1.290 Chromebooks e os acessórios necessários para o seu carregamento, inicialmente para alunos do 6º ao 9º ano. O Chromebook é como um notebook, mas com sistema operacional Chrome OS, que funciona totalmente baseado na rede de internet. É menor que um notebook e mais leve, pois não tem memória.


O secretário de Educação, Rogério Jung, prevê que no segundo semestre já terão acesso ao Google for Education também os alunos do pré ao 5º ano. A ferramenta tem por objetivo modernizar as salas de aula com o que há de mais atual na tecnologia educacional, sem substituir o professor ou as aulas planejadas por ele. E sim, como uma ferramenta a mais a ser utilizada. Os Chromebooks são apontados pelas revistas de tecnologia como uma das ferramentas digitais mais utilizadas em sala de aula nos Estados Unidos. A implantação em Jaraguá do Sul será feita aos poucos, com a devida capacitação dos profissionais da educação.   

Conheça algumas ferramentas da Google para Educação   G Suite - Um pacote de ferramentas de produtividade para ajudar alunos e professores a interagir de forma contínua e segura em vários dispositivos. Oferece espaço ilimitado no Drive, Gmail e Google Fotos, mais 100 GB para criar Google Sites; tem suporte 24/7 por telefone e e-mail. Não tem anúncios e é gratuito para escolas e universidades públicas; instituições particulares têm que pagar uma taxa por usuário.
Google Sala de Aula (Classroom) - você cria uma sala de aula, adiciona seus alunos por e-mail, e elabora tarefas para eles. É possível anexar links e arquivos relevantes, e adicionar uma data de conclusão ? dessa forma, a tarefa entra na agenda compartilhada da sala. Então, o aluno anexa o trabalho pronto e envia para o professor. O professor também pode publicar um aviso aos alunos, ou fazer uma pergunta (dissertativa ou de múltipla escolha). Nada disso requer um app adicional, pois o Google Sala de Aula funciona na web.
Expeditions - O Expedições é um aplicativo educacional imersivo que os alunos e professores usam para explorar o mundo em mais de 800 tours de realidade virtual (RV) e 100 de realidade aumentada (RA). Você pode nadar com tubarões, visitar o espaço, transformar a sala de aula em um museu e muito mais sem sair do lugar.    

Veja também

Nutricionista Lidiane Atala compartilha a sua história de empreendedorismo na área da saúde
A profissional não dispensa algumas dicas mais do que necessárias para o dia a dia
Católica SC abre vagas para a oficina gratuita de solidworks básico
As aulas serão ministradas pelo acadêmico de engenharia mecânica João Victor Salvaro
Participe do workshop 'Novas constelações: familiar e empresarial' com Goreti Desenvolvimento Humano
Agende sua participação!
Poupar no início do ano é a melhor saída para um 2019 saudável financeiramente
Passando por anos conturbados, com incertezas na economia, os brasileiros precisam controlar os gastos altos
Mais de 3,4 milhões de trabalhadores têm direito ao abono salarial neste mês
A estimativa do Ministério da Economia é de que R$ 2,8 bilhões sejam repassados